Marketing da Noticia Cervejas

Bebe-se Menos Cerveja, Mas Gasta-se Mais

Bebe-se Menos Cerveja, mas gasta-se mais e isso se reflete nos pontos de vendas que  apesar da redução de consumo de cervejas apontadas pela Nielsen vê os Supermercados aumentarem suas  áreas de vendas para a categoria de produto.

O mercado brasileiro, acompanhando o mercado externo tem buscado consumir cervejas premium e artesanais acompanhando um modismo que promove confrarias e convergentes embalos para regar encontros gastonômicos regados com cervejas especiais. Com isso estamos tendo um crescimento de eventos cervejeiros gastronômicos em todo o Brasil que se molda a partir da October Fest.

Bebe-se Menos Cerveja
Fonte: EuroMonitor

A queda nas vendas, já saindo do seu terceiro ano de retração experimenta um decrescimo de 2% em comparação ao ano anterior igualmente menor.

A Ambev acusa uma queda de 1.9% no volume de vendas Brasil, as demais não divulgam dados, mas concordam que o mercado encolheu e que o consumo per capita de 68 litros encolheu para menos de 60 l.

Bebe-se Menos Cerveja
Fonte: Nielsen

Tal noticia,aparentemente ruim acaba sendo uma boa notícia para a saúde pública que se avaliar os impostos arrecadados X custos com o tratamento de alcoólatras, mortes e acidentes no trânsito, causadas pelo seu consumo poderá ter uma supresa no resultado da conta que poderá apontar um prejuízo muito maior desse beber irresponsável e sem moderação da nossa sociedade, principalmente dos mais jovens.

#TrendsNews

Publicidade

Pular para a barra de ferramentas